Sábado, 26 de Maio -

  •  

    Servidores da Câmara de Osasco recebem capacitação em Língua Portuguesa

    A Escola do Parlamento de Osasco (EPA) deu início a mais uma atividade voltada à capacitação dos servidores da Câmara Municipal de Osasco, com a abertura do curso “Português para Uso Profissional – Facilitando a Escrita”.
    O curso é ministrado pelo Professor Ráriton Cassoli, servidor concursado da Câmara de Osasco e docente na área de Língua Portuguesa há mais de 12 anos, já tendo lecionado tanto em cursos universitários como para alunos do ensino médio. As aulas são abertas aos servidores de todos os setores, incluindo os gabinetes dos vereadores, e terão duração de 12,5 horas, com entrega de certificado ao final da capacitação, nesta sexta-feira, dia 27.
    De acordo com o Diretor da Escola do Parlamento, Roberto Delphino Júnior, o curso criado em atenção a pedidos do presidente da Câmara, Vereador Dr. Elissandro Lindoso (PSDB), e da Diretora-Secretária, Dra. Mônica Godoy, com o intuito de oferecer capacitação técnica, visando a melhoria dos serviços oferecidos. A primeira turma do curso conta com a participação de cerca de 30 alunos e o objetivo das aulas é garantir que os participantes façam um bom uso da escrita nos trabalhos desempenhados dentro da Câmara Municipal, principalmente àqueles servidores que produzem documentos e lidam diretamente com a produção de textos e documentos. A aula inaugural foi bastante proveitosa e despertou o interesse dos alunos, que puderam elucidar várias dúvidas, conforme explica ao servidor Edmir Ribeiro de Oliveira, Chefe de Gabinete do Vereador Daniel Matias (PRP). “Foi muito produtivo e acho que realmente nós precisávamos disso, porque muitas pessoas têm dificuldade na Língua Portuguesa e isso vem para acrescentar em todos os gabinetes”, disse. A servidora concursada Rosimeire Soares Batista, que é recepcionista, acredita que o curso é superim-portante, também para quem lida com atendimento público. “Estudar a Língua Portuguesa é sempre bom, mesmo porque você está adquirindo conhecimento”, opinou.

    FACILITANDO A ESCRITA
    O professor responsável pelo curso explica que o objetivo da capacitação é fazer com que as pessoas entendam que a imagem do vereador e a da instituição são importantes e que, por isso. “Por isso, um texto bem produzido agrega credi-bilidade ao trabalho”, explicou. Ráriton avaliou positivamente a participação dos servidores no primeiro dia do curso. Segundo ele, o treinamento engloba questões que foram detectadas na produção de textos, a partir das inadequações gramaticais mais comuns. “Em cima disso, foi preparado material para que se possa dirimir as dúvidas”, pontuou. A expectativa dos organizadores da ação é que, em breve, novas turmas sejam abertas, auxiliando na capacitação dos servidores da Câmara.