Terça-Feira, 11 de Dezembro -

  • Segurança da informação: por que a escola deve se atentar a essa questão

  • Escolas lidam com informações e dados sigilosos em grande parte de sua rotina. Os dados de alunos e suas famílias, funcionários, colaboradores e fornecedores estão registrados nos arquivos do sistema e precisam ter a sua segurança e privacidade garantidas. Assim, a segurança da informação nas escolas é uma questão importante de ser planejada.
    Com a tecnologia, acumular documentos em papel passou a ser uma prática ultrapassada, fazendo com que os dados sejam armazenados em sistemas de nuvem, por exemplo. Porém, com a tecnologia também surgiram os riscos de estar com as informações expostas, sob risco de serem hackeadas.
    Sendo assim, é importante que o gestor escolar esteja sempre atento para as questões de segurança da informação de seus dados armazenados.

    Afinal, o que é segurança da informação?
    Segurança da informação é a atitude de proteger os dados coletados, nesse caso, pela escola. A administração de uma escola precisa de diversas informações importantes para exercer suas funções, como endereços de alunos e funcionários, valores de mensalidades e pagamentos, orçamentos de fornecedores, entre outros.
    São documentos que precisam de sigilo e a escola deve protegê-las para que não sejam acessadas por pessoas indeseja-das ou por alguém que esteja mal-intencionado. Além disso, não utilizando uma maneira correta de armazenamen-to, como um software de gestão, a escola está sujeita a atos acidentais, como um arquivo que é apagado ou até mesmo um problema com o hardware, no qual tudo o que está armazenado pode ser apagado.

    Como a escola pode se proteger
    É essencial que o gestor escolar planeje maneiras de investir na segurança da informação e restringir o acesso dessas informações apenas para si ou para poucas pessoas de sua confiança. Essa é uma maneira de evitar que ocorram prejuízos devido à perda ou roubo de arquivos. Outra forma de garantir a segurança da informação é ao utilizar senhas complexas e alterá-las com o tempo, para que não sejam descobertas nem hackeadas. Além disso, ao controlar o uso de dispositivos externos – pen drives, celulares, HDs externos e outros, o gestor consegue melhorar a proteção de quais dados são acessados e quais pessoas os acessam.
    A escola precisa investir em uma equipe de TI para auxiliar o gestor em questões importantes, como a instalação e monitoramento do firewall e no isolamento das redes internas da escola para que essa seja uma maneira de manter os dados que necessitam de sigilo separados dos demais. O gestor também precisa manter uma postura rigorosa em relação a quem tem acesso ao armazenamento de dados. Uma iniciativa importante a ser colocada em prática é a de conversar frequentemente com a sua equipe sobre a importância de garantir a segurança da informação na escola.