Sábado, 25 de Maio -

  • [adrotate group=”1″]

  • [adrotate group=”1″]

  •  

    Prefeitura de Itapevi entrega kit pedagógico para 10 escolas

    A Prefeitura de Itapevi entregou, nos dias 24 e 25 de janeiro, kits pedagógicos para cada uma das 10 escolas municipais com melhor pontuação no projeto Brincadeiras de Rua.

    Iniciado em abril do ano passado em 47 escolas da rede municipal, o projeto envolveu 10 mil estudantes da rede municipal de ensino em uma ação pedagógica pioneira, que estimulou o aprendizado de maneira lúdica, integrando brincadeiras tradicionais ao processo de construção do conhecimento, promovendo conteúdos de maneira interdisciplinar e fortalecendo o vínculo entre comunidades e escolas.

    Cada unidade escolar realizou as atividades de acordo com a sua característica de espaço e público. O projeto beneficiou alunos do Pré I ao 2º ano da rede municipal – crianças com idades entre 4 e 7 anos.

    Foram realizadas atividades de brincadeiras de rua dentro das escolas, como bambolê, pular corda, queimada, golzinho caixote, jogo de taco, peteca e carrinho de rolimã, dentre outras.

    “O resgate das brincadeiras de rua propiciou a construção das relações humanas por meio de ações educativas”, diz o coordenador do programa Aprendizagem pelo Movimento, Mario César de Oliveira. “O projeto propôs momentos para compartilhar vivências, emoções e sentimentos entre estudantes, professores e a comunidade”, afirma.

     “Com o sucesso, em 2019, promoveremos a segunda edição e estamos aguardando as aulas retornarem para começarmos o planejamento e organização”, completa Oliveira.

    A participação aconteceu por adesão das unidades. Em 2018, 47 escolas das 66 escolas aptas aderiram ao projeto, o equivalente a 71,2% das unidades. A ação é parte do programa municipal Aprendizagem pelo Movimento – Educação Física Escolar, desenvolvido pela Secretaria de Educação.

    Cada kit pedagógico contém três carrinhos de rolimã, cinco vai-e-vem, 10 bilboquês, sete piões com fieira, três piões supersônicos, 70 bolinhas de gude, dois jogos completos cinco marias, 10 lembrancinhas de bolinha de sabão, três cordas elásticas, 15 ioiôs e dois jogos de taco. Em fevereiro, fevereiro, eles serão complementados com um par de pernas de pau para cada uma das unidades vencedoras.

    Pontuação

    As unidades escolares que participaram do programa competiram entre si por meio de um sistema de pontuação que premiou as escolas que desenvolveram mais atividades. Elas também foram certificadas com um selo de boas práticas pedagógicas. A avaliação foi feita pela coordenação do programa Aprendizagem pelo Movimento.

    As 10 escolas com melhor pontuação foram: 1) Cemeb Bemvindo Moreira Nery (1847 pontos), 2) Cemeb Rui Barbosa (1021 pontos), 3) Cemeb Padre Giovanni Cornaro (524 pontos), 4) Cemeb Prof.ª Maria Ângela Nunes Neves Neri (461 pontos), 5) Cemeb Antônio Gonçalves Dias (338 pontos), 6) Cemeb Cecília Meirelles (326 pontos), 7) Cemeb Professor Florestan Fernandes (310 pontos), 8) Cemeb Professor Irany Toledo Moraes (301 pontos), 9) Cemeb Prof.ª Magali Trevisan Proença de Almeida (253 pontos) e 10) Escola Irmã Jecia Pinheiro (237 pontos).   

    Aprendizagem pelo Movimento – Educação Física Escolar

    O programa Aprendizagem pelo Movimento integra 120 professores de educação física da rede municipal de ensino. A Prefeitura, por meio Secretaria de Educação, promove a formação continuada dos docentes e acompanha a rotina escolar na disciplina, subsidiando a prática do professor e estabelecendo parcerias com federações esportivas para promover festivais, torneio e campeonatos.

    Existente há 11 anos, o projeto estimula também nas unidades escolares o desenvolvimento de jogos e brincadeiras, que têm como foco central o movimento corporal e o objetivo de propiciar aos alunos novas vivências, experiências educativas e construção de valores, como cooperação, solidariedade e respeito às regras de convivência. O programa visa ainda promover a aprendizagem dos educandos por meio do movimento, além de fomentar aulas de Educação Física envolventes, inclusivas, participativas e democráticas.