Terça-Feira, 19 de Junho -

  •  

    Prefeito de Osasco destaca uso da tecnologia em Saúde durante congresso na Capital

    O prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou na segunda-feira, 16/4, no Expo Center Norte, na Capital, da abertura do Congresso Smart City Business América Congress, o mais importante evento sobre o ecossistema de Cidades Inteligentes da América Latina. O chefe do Executivo discorreu sobre o tema Saúde, no painel Gestão Municipal de Impacto (GMI), promovido pelo Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste).
    Também participaram do evento a primeira-dama, Aline Lins, secretários municipais e demais prefeitos da região, entre os quais o de Barueri, Rubens Furlan, o de Santana de Parnaíba e presidente do Cioeste, Elvis Cezar.
    Lins destacou o uso da tecnologia em Osasco como forma de agilizar atendimentos e otimizar investimentos na área da saúde. “Com o uso dessas ferramentas, conseguimos saber em tempo real o que é preciso fazer. Assim, economizamos recursos por conta da agilidade nos serviços. Estamos investindo pesado no atendimento primário em nossas unidades de Saúde, porque dessa forma a gente consegue evitar o agravamento dos quadros clínicos, o que evita a sobrecarga nos serviços de emergência e ajuda a reduzir custos”, analisou.
    A exemplo de outros prefeitos, Lins defende que União e Estado auxiliem mais os municípios com investimentos na Saúde. “Só para se ter ideia, os municípios bancam 85% dos gastos no setor, o Estado 2% e a União 13%. Precisamos inverter essa ordem”.
    O evento, que trata basicamente de inovação para melhorar a qualidade de vida das pessoas, sobretudo por meio do uso de novas tecnologias, visa estimular o debate sobre o desenvolvimento e propagação de cidades inteligentes ao redor do mundo, especialmente naquelas em que o volume populacional é maior.
    No local foram montados estandes de exposição para que as empresas possam apresentar projetos inovadores e tecnologias avançadas, capazes de transformar as cidades com a chamada Internet das Coisas (IOT, Internet of Things, em inglês).
    Os sistemas de IOT oferecem uma série de benefícios aos usuários em aplicações que envolvem inteligência artificial e realidade aumentada, como por exemplo a identificação pessoal e auxílio a médicos e pacientes com informações em tempo real sobre tratamentos.
    Participam do encontro, que acontece pela primeira vez em São Paulo e termina na quarta-feira, 18/4, líderes dos setores público e privado. O objetivo é criar um ambiente propositivo de diálogo sobre temas de interesse para os municípios.