Quinta-Feira, 13 de Dezembro -

  • Pinacoteca recebe, pela primeira vez, obras da coleção do Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro

  • A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta, de 6 de outubro de 2018 a 28 de janeiro de 2019, a exposição Coleções em Diálogo: Museu Histórico Nacional e Pinacoteca de São Paulo, no segundo andar da Pina Luz. Com curadoria de Valéria Piccoli, curadora-chefe da Pinacoteca, e Paulo Knauss, diretor do Museu Histórico Nacional (Rio de Janeiro), a coletiva apresenta uma seleção de obras dos dois museus, incluindo telas em grande formato e em papel inéditas ou pouco vistas pelo público geral, como parte do programa desenvolvido pela Pinacoteca que propõe criar novas interpretações sobre as coleções das instituições, ao contrapor obras de seus acervos.

    A mostra é estruturada em quatro núcleos principais: Arte colonial, Pintura de história, Paisagens de guerra e Arte e patrimônio. Da coleção do Museu Histórico Nacional, instituição vinculada ao Ibram, poderão ser vistas obras de Leandro Joaquim (1738-1798), Manoel de Araújo Porto-Alegre (1806-1879) e João Baptista da Costa (1865-1926), entre outros. Destacam-se, também, obras de Johann Moritz Rugendas (1802-1858), um dos mais importantes artistas viajantes que estiveram no Brasil ao longo do século XIX. Deste último, além de um conjunto de desenhos, integra a mostra uma rara pintura, a tela Descobrimento da América (1820), bem como o passaporte que o artista utilizou para vir ao Brasil. Trata-se de uma curiosidade que nunca foi mostrada na capital paulista.

    SERVIÇO

    Coleções em Diálogo: Museu Histórico Nacional e Pinacoteca de São Paulo
    Curadoria de Valéria Piccoli e Paulo Knauss
    Abertura: 6 de outubro de 2018, sábado, às 11h
    Visitação: de 6 de outubro a 28 de janeiro de 2019
    De quarta a segunda, das 10h às 17h30 – com permanência até as 18h
    Pinacoteca: Praça da Luz 2, São Paulo, SP
    Ingressos: R$ 6,00 (entrada); R$ 3,00 (meia-entrada para estudantes com carteirinha)
    Menores de 10 anos e maiores de 60 são isentos de pagamento.
    Aos sábados, a entrada da Pina é gratuita para todos.