Sexta-Feira, 18 de Agosto -

  • Musical sobre Agnaldo Rayol estreia em São Paulo

  • Segue até o dia 3 de setembro, no teatro Arthur Azevedo o espetáculo Agnaldo Rayol – A Alma do Brasil. O musical presta uma homenagem a uma das mais emblemáticas vozes masculinas do nosso país. Com direção de Roberto Bomtempo e texto de Fátima Valença, a peça retrata momentos singulares de sua trajetória nos palcos e da sua vida ao redor do Brasil. O elenco é formado Marcelo Nogueira (que interpreta Agnaldo), Stela Maria Rodrigues, Mona Vilardo e Fabrício Negri.  Direção musical e arranjos de Marcelo Alonso Neves.

    Espetáculo foi indicado a 5 prêmios pela temporada no Rio de Janeiro: melhor ator de musical, melhor atriz de musical e melhor direção musical (Prêmio Cesgranrio de Teatro 2014), melhor espetáculo pelo júri popular (Prêmio Fita de Teatro 2014) e melhor atriz coadjuvante (Prêmio APTR de Teatro 2014).

    O texto conta passagens da vida musical de Agnaldo em uma espécie de show intimista, entremeado de registros sonoros e visuais de sua carreira e as cenas. A ideia dessa estrutura é mesclar cenas ao vivo com os grandes sucessos da carreira de Agnaldo Rayol.

    Combinadas às fotos e cenas reais da vida e obra de Agnaldo Rayol, personagens e trechos de filmes, telenovelas, fotos, shows, entrevistas e programas de rádio e tevê – como os históricos: Papel Carbono, Jovem Guarda, Corte Real Show, Hebe Camargo – especialmente recriados para o espetáculo. Se constituindo num painel sonoro, visual e musical de uma época, que assim retrata, recria e rende a nossa homenagem ao personagem título do musical.

    Com sua peculiar forma de cantar, a magistral interpretação de Ave Maria de Gounod emocionou noivas de várias gerações. No espetáculo é apresentado um roteiro de sucessos com: “Se todos fossem iguais a você”, “A Praia”, “Fascinação”, “Serenata do Adeus”, “O princípio e o fim”, “Mia Gioconda”, “A voz do violão”, “Estrada do sol” entre outras canções que transmitem a época, a cultura brasileira e suas influências.