Jornal A Rua

Quinta-Feira, 16 de Agosto -

  •  

    Itapevi promove ações de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

    A Prefeitura lança hoje, quarta-feira (09), a Campanha de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, em Itapevi. Neste dia, na secretaria de Educação e Cultura (R. Irineu Chaluppe, 65, Centro), às 9h, acontece palestra e oficina sobre o tema. O evento é aberto a todos os interessados.

    As atividades são realizadas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Itapevi em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e fazem parte do calendário de ações em celebração ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 18 de maio.

    “O objetivo da campanha é destacar a data para mobilizar e sensibilizar as pessoas sobre o tema. Afinal, é responsabilidade de todos nós garantir a crianças e adolescentes o direito de um desenvolvimento saudável, seguro e protegido, livres do abuso e da exploração sexual”, destaca Elaine Rodrigues de Freitas, secretária de Desenvolvimento Social de Itapevi.

    A mobilização também prevê a realização de palestras nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). No dia 18, acontece ainda a caminhada contra a violência, com concentração em frente ao ItaShopping (R. Leopoldina de Camargo, 260, Centro) e destino final na Praça 18 de Fevereiro.

    Abuso

    O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor.

    O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

    Se você tem conhecimento de algum caso de abuso sexual infanto-juvenil, denuncie. Sua colaboração é fundamental para garantir a segurança e proteção de nossas crianças e adolescentes. Ligue para o Disque 100 ou diretamente para o Conselho Tutelar de Itapevi pelo telefone (11) 4142-1180.