Quarta-Feira, 23 de Maio -

  •  

    Itapevi inicia construção de 1ª Escola de Tempo Integral

    Deve ser concluída em fevereiro de 2019, a construção da a primeira Escola de Tempo Integral da Itapevi. A obra que deve ter um custo de R$ 13.663.314,78 teve inicio nesta quarta-feira 17/01, com a demolição do prédio onde funcionava o Cemip (Centro de Eventos Jaci Januário da Silva), no Parque Suburbano. O início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito, Igor Soares, secretários municipais, técnicos e engenheiros da empresa Scopus Construtora & Incorporadora Ltda., responsável pela construção da futura escola.

    No lugar de um espaço já obsoleto haverá a construção da inédita primeira Escola em Tempo Integral da história de Itapevi. Será uma unidade modelo, com mais de 6 mil metros quadrados de área construída para cerca de mil estudantes, que entrarão às 7h da manhã e ficarão até o final da tarde estudando.

    Cerca de 980 metros cúbicos de entulho devem ser retirados da área de 18.234,13 m² até o final da próxima semana. O volume corresponde a 130 toneladas de materiais. Aproximadamente 70 operários estão trabalhando no local.

    No prédio que está sendo demolido, funcionava apenas a Escola Livre de Música de Itapevi. Por conta da obra, a unidade foi transferida na segunda-feira passada (8) para a Avenida Feres Nacif Chaluppe, 39, no Centro. A mudança é temporária; o Cemeb Tarsila do Amaral, que fica ao lado, será adaptado para receber a Escola de Música e também a Escola Livre de Dança do município.

    A Escola de Tempo Integral terá uma área construída de 6.591,15 m². Será um edifício com espaço térreo, dois pavimentos superiores e um estacionamento com capacidade para 90 vagas de veículos.

    A unidade terá ainda 25 salas de aula, espaço para exame médico, quadra poliesportiva, piscina, laboratório, sala de dança, sala de arte, auditório, sala de informática, almoxarifado, secretarias, sala de professores, sala de coordenação, sala de materiais pedagógicos, cozinha, despensa, refeitório e triagem.

    A nova escola irá oferecer cinco refeições diárias para todos os alunos, além de atividades esportivas, culturais e até aula de natação.  Igor também reforçou que, em breve, será dada uma ordem de serviço para execução da segunda Escola de Tempo Integral, no Jardim Santa Rita, com previsão para atender também cerca de outras mil crianças em suas dependências.