Quarta-Feira, 19 de Setembro -

  •  

    Itapevi inicia Campanha de Busca Ativa da Tuberculose

    A Prefeitura de Itapevi promove, a partir desta segunda-feira (5), a 1ª fase da Campanha de Intensificação da Busca Ativa à Tuberculose.  A ação, que vai até o dia 19 de março, tem como objetivo descobrir e mapear os novos casos da doença, localizados a partir dos pacientes que frequentam as unidades de saúde do município, assim como tratar preventivamente os casos.

    A iniciativa é realizada semestralmente pelo município por orientação da Divisão de Tuberculose da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, além de integrar o calendário da Luta Mundial pelo combate à doença, celebrado no dia 24 de março.

    Em casos de suspeita, serão realizados exames específicos gratuitamente, sem a necessidade de guia médica. “Estamos preparados para todas as etapas: coleta, encaminhamento, análise, diagnóstico e tratamento”, explica. “O exame fica pronto em até 48 horas com precisão do resultado”, diz a coordenadora do programa de Tuberculose de Itapevi, Solange Aparecida Lopes,

    Solange esclarece que o objetivo é também reforçar, de imediato, a informação sobre a doença junto às escolas municipais e associações sobre o perigo da doença. “Já temos parcerias, por exemplo, nas escolas, como projeto Driblando a Tuberculose em que, juntos aos gestores educacionais, promovemos reuniões de pais e feiras culturais com o intuito de divulgar o assunto”, afirma.

    A ação também terá o reforço dos agentes de saúde visitando as casas e orientando a população sobre a doenças. “Neste aspecto, recomendamos que tenham atenção especial para os casos de tuberculose”, diz Solange.

    A tuberculose é tratada em um período de seis meses e a família também é acompanhada no tratamento. Há possibilidade de que os contatos do paciente estejam infectados, mas não apresentem a doença. “De qualquer forma, buscamos cuidar e tratar para evitar problemas no futuro”, salienta a especialista.

    Os remédios para o tratamento são encontrados nas unidades de saúde e distribuídos gratuitamente. Evitar locais fechados e verificar a vacinação BCG são fundamentais para prevenir a tuberculose.

    Em 2017, Itapevi registrou 105 novos casos da doença. Neste ano, são 15 pacientes diagnosticados. O registro médio anual é de até 100 novos casos. A segunda fase da Campanha da Busca Ativa à Tuberculose acontece no mês de novembro.

    Sintomas da Doença

    Tosse por mais de três semanas, produção de catarro, febre, sudorese, cansaço, dor no peito, falta de apetite e emagrecimento são os principais sintomas da tuberculose. Nos casos mais avançados, pode aparecer escarro com sangue. Pessoas com esses sintomas associados ou isoladamente devem procurar uma unidade de saúde o mais rápido possível para fazer o exame diagnóstico e se constatada a doença, o tratamento é oferecido gratuitamente e deverá ser iniciado de maneira imediata.

    As pessoas que estiverem com pelo menos um dos seguintes sintomas acima, por mais de três semanas, acompanhado por febre e/ou emagrecimento, devem procurar a unidade de saúde mais próxima. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4143-8499.