Jornal A Rua

Quinta-Feira, 16 de Agosto -

  •  

    Gelso Lima reúne mais de 200 pessoas em coletiva de imprensa de lançamento das mídias digitais

    “Gelso sempre teve muito sucesso nos bastidores da política. É uma pessoa muito habilidosa, muito articulada, sabe dar os passos certos. Talvez, se ele não estivesse na minha campanha, eu não fosse o prefeito de Osasco hoje. Tenho muita gratidão por tudo o que ele me fez. Eu discuti com ele a possibilidade de ele ocupar um outro espaço no governo, indo para a secretaria da Saúde, mas entendo que era o momento de ele buscar uma nova etapa em sua carreira. Torço que ele tenha o mesmo sucesso que sempre teve nos bastidores, agora como pré-candidato”. Essas foram as palavras de apoio à pré-candidatura de Gelso de Lima (Podemos) a deputado estadual no lançamento de suas mídias digitais, realizado na noite de terça-feira, 8, no auditório do hotel Best Western, em Osasco. “A única coisa que eu peço é que as pessoas escolham candidatos que tenham compromisso com a nossa cidade, e eu sei que o Gelso tem”, completou o prefeito na ocasião de seu discurso.

    A partir de agora, todos os compromissos e atividades desta fase da pré-campanha de Gelso Lima poderão ser acompanhados pelo facebook, pelo instagran e pelo site. O evento reuniu mais de 200 pessoas incluindo a imprensa regional, líderes sindicais, secretários municipais, vereadores e uma ampla equipe que acredita no projeto de Gelso, além de representantes de 12 partidos que já manifestaram apoio à sua pré-candidatura.

    O presidente do diretório municipal também prestou seu apoio ao pré-candidato. Presente ao evento, Fábio Grossi disse que é uma grande honra para o Podemos Osasco contar com o ingresso do Gelso na sigla e tê-lo como pré-candidato. “Você é uma liderança respeitada, tem uma bela trajetória política na cidade. Quero parabenizá-lo pelo lançamento de suas redes sociais e site, e acho que você está no caminho certo, porque acreditamos que mídia social é a plataforma mais próxima da população.  Aproveito para desejar-lhe uma boa caminhada, de sucesso, e dizer que você pode contar comigo e com o Podemos Osasco”.

    Após a apresentação das ferramentas que estavam sendo lançadas, e da divulgação de seus endereços, que são facebook/gelso.lima,  instagran/gelso.lima e gelsolima.com.br, Gelso respondeu a uma séria de questionamentos da imprensa e pôde falar um pouco sobre suas expectativas e sobre seus planos para Osasco.

    Expectativas para a eleição

    Perguntado sobre suas expectativas em relação ao resultado da eleição, já que ele não é um nome conhecido fora dos bastidores da política, Gelso esclareceu que nunca quis disputar uma eleição como candidato, mas que sua trajetória de 30 anos o colocou neste caminho. “Estou tentando ter a tranquilidade necessária para enfrentar o desafio, discutindo com as pessoas da forma mais verdadeira, sem responder a provocações, e aprendendo no dia a dia como é encarar uma pré-campanha agora como pré-candidato. Tenho viajado muito, observado como a política é feita em outras cidades, e vejo que a dinâmica é muito diferente de Osasco. Tudo é um aprendizado”.

    Quem coordena a campanha?

    Sobre a campanha, ele afirmou que ainda não tem coordenador definido e que esta função será exercida por quem se dispuser a aceitar as tarefas, após traçar sua estratégia, que dependerá do resultado de pesquisas que ele e sua equipe estão desenvolvendo. “As pessoas que vão coordenar minha campanha são aquelas que têm disposição, que têm tempo, que acreditam no meu projeto, que não vêm por vantagens pessoais, que acreditam mesmo que é possível construirmos uma candidatura alternativa para representar bem esta região”, explicou.

    Sobre seus planos para Osasco

    “Quero sentar com as pessoas, olhar no olho, e dizer o que é possível e o que não é possível fazer. Então o que eu vou trazer para Osasco é, sobretudo, a verdade. O Podemos prega a discussão, a participação, e eu vou seguir o que o partido prega. Não vou assumir compromissos que não tenha condições de cumprir, ou condições de pelo menos lutar por eles”.

    Relação com o PT e a escolha pelo Podemos

    “Minha história no PT não me envergonha, pelo contrário, tenho orgulho dela. Se eu fui secretário em pastas tão importantes durante esses anos, é porque minha origem me credenciou a passar por esses postos e chegar onde estou hoje. Mas num determinado momento eu percebi que o projeto liderado na cidade pelo PT não me atendia mais, e me frustrava naquilo que eu sempre sonhei como projeto político. Foi a partir dai que eu resolvi buscar um projeto alternativo liderado por alguém que se encaixasse nesse perfil. As pessoas costumam dizer que eu coordeno campanhas vitoriosas, o que é verdade, mas isso porque eu escolho bons candidatos. Quando escolhi Rogério Lins para coordenar a sua campanha, foi porque ele me deu esta oportunidade, e a conjuntura naquele momento era favorável, aliado ao bom projeto que ele apresentava.