Quarta-Feira, 19 de Setembro -

  •  

    Contas da Eletropaulo vão subir mais de 15% 

    A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou reajuste médio de 15,84% nas contas de luz da Eletropaulo.
     A empresa é responsável pelo fornecimento de energia elétrica para 7,1 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista.
    Segundo a Aneel, órgão responsável pela regulação do setor, as tarifas para residências terão aumento de 15,08%.
    Para empresas que utilizam baixa tensão, o reajuste médio será de 15,14%. Já as que usam alta tensão terão aumento médio de 17,67% na conta de energia elétrica. Os reajustes estão valendo desde quarta-feira (4).
    Como a área de atendimento da Eletropaulo é grande e engloba São Paulo, a maior cidade do país, o reajuste deve ter impacto na inflação de julho. Analistas já estimavam uma forte alta da energia elétrica neste ano, sobretudo por causa de um regime de chuvas insuficiente para compensar períodos de seca e o aumento dos encargos sociais.
    As tarifas da Copel, no Paraná, por exemplo, tiveram reajuste médio de 15,99%. A concessionária atende aproximadamente 4,5 milhões de unidades consumidoras no estado. Já a conta de luz da RGE, do Rio Grande do Sul (controlada pela CPFL, da chinesa State Grid), teve alta média de 20,58%. A empresa atende 1,4 milhão de unidades consumidoras.