Não é possível acessar esse site

Não foi possível encontrar o endereço IP do servidor de jornalarua.com.br.

Não foi possível encontrar o endereço IP do servidor de jornalarua.com.br.
 Jornal A Rua

Sexta-Feira, 23 de Abril -

  • [adrotate group=”1″]

  • [adrotate group=”1″]

  •  

    Como é viajar no maior navio de cruzeiro do mundo

    Novo rebento da Royal Caribbean, o Symphony oftheSeas mede 362 metros de comprimento e custou US$ 1,5 bilhão. Assim como o HarmonyoftheSeas, lançado em 2016, ele é quase do tamanho do Empire StateBuilding de Nova York deitado. No entanto, supera seu antecessor em 1,1 tonelada de arqueação bruta – ou seja, é um tiquinho mais volumoso. Vendo os dois gigantes lado a lado, você não seria capaz de detectar a diferença. Mas quem se importa com isso? Maior navio de cruzeiros do mundo, com capacidade para 5.518 hóspedes em ocupação dupla nas suas 2.759 cabines (e 6.670 com lotação máxima, incluindo bi-camas e afins), o 25o integrante da frota da armadora americana zarpou do porto de Barcelona dia 7 de abril para sua viagem inaugural. Recheado de inovações tecnológicas, além de espetáculos, atrações e restaurantes inéditos, ele navegará pelo Mediterrâneo até outubro e, a partir de novembro, fará a rota entre Miami e o Caribe.

    Shangri-lá infantil e tecnologia

    Em termos de acomodação, a nova vedete é a Ultimate Family Suite, um apartamento duplex onde o quarto das crianças, no andar superior, é conectado à sala de estar por um tobogã. A suíte de 125 metros quadrados ainda tem uma sala de cinema 3D com máquina de fazer pipoca, parede de Lego do teto ao chão e uma varanda de 20m2 equipada com jacuzzi. A decoração é um espetáculo à parte, com luminárias coloridas que pendem do teto como balões, pufes multicoloridos e cadeiras em formatos insólitos. A diversão tem seu preço: em média US$ 45 mil para uma família de quatro pessoas por semana.

     

    Novidades gastronômicas

    Há 20 restaurantes a bordo, sendo 11 deles “de especialidade”, pagos à parte, a preços que variam de US$ 20 a US$ 53,90. Neste setor, a grande novidade é o Hooked (US$ 20,90 no almoço e US$ 42,90 no jantar). Especializado em frutos do mar, tem ostras e outros itens frescos no cardápio – uma façanha logística em se tratando de cruzeiros marítimos. O arsenal gastronômico especial também incorpora o novo bufê mexicano El Loco Fresh, ao ar livre, perto das piscinas, e o Playmakers Sports Bar & Arcade, onde são servidos hambúrgueres e afins para acompanhar a transmissão de jogos nos telões. Entre as laricas, a novidade é a Sugar Beach, um mix de sorveteria com confeitaria que, ao começo de cada viagem, é abastecido com 4 toneladas de tentações açucaradas.

    Mais

    Symphony oftheSeas ostenta o tobogã aquático mais alto do mundo (45,72 metros acima do nível do mar), o maior cassino dos mares (que também é o maior fumódromo) e a internet mais rápida da indústria dos cruzeiros. Mas nada é tão espantoso quanto as cifras alimentares do gigante. Em uma semana de cruzeiro, são consumidas, em média, 350 toneladas de comida – e essa quantia pode chegar a dobrar em viagens que partem dos Estados Unidos!

    Bem bom no Solarium, um espaço só para adultos ideal para fugir da música alta das piscinas principais

    O Promenade, um dos “bairros” do navio, repleto de bares, cafés e lojas. Assim como em quase todos os ambientes do barco, a décor é mais pro moderninha do que para o rococó (como em muitos navios de cruzeiro).

    Tem arte até no banheiro! Mas, inexplicavelmente, apenas no dos homens.

    Roteiros

    O Symphony oftheSeas fará cruzeiros de três (desde US$ 850), sete (desde US$ 1231) e nove (desde US$ 1666) noites com saídas de Barcelona durante o verão no Hemisfério Norte, passando por Palma de Mallorca, na Espanha; Marsella (que dá acesso à Provence), na França; e Florença, Pisa, Roma e Nápoles, na Itália. A partir de 10 de novembro, terá o novo Terminal A de Miami como base e fará cruzeiros de uma semana pelo Caribe (desde US$ 775), passando por destinos como Haiti, St. Thomas, Cozumel (México), St. Maarten e Porto Rico. Algumas rotas também incluirão CocoCay, ilha particular nas Bahamas onde a Royal Caribbean investiu U$ 200 milhões para transformá-la em um grande parque temático tropical, com tobogãs, a maior piscina de água doce do Caribe e um balão de hélio que permite observar a ilha de cima.

    Reservas

    R11 Travel é a representante oficial da Royal Caribbean no Brasil.