Sexta-Feira, 18 de Agosto -

  • Coletes da Guarda de Osasco estão vencidos

  • De acordo com uma matéria publicada no jornal Diário da Região, o prazo de validade dos coletes balísticos usados pelos agentes da Guarda Civil Municipal de Osasco está vencido desde terça-feira, dia 8 de agosto. No entanto, apesar disso, o equipamento de segurança segue em uso, pelos agentes que estão nas ruas, pois, o fabricante deu garantias, à prefeitura, de que eles podem ser utilizados, sem falhas no funcionamento, por mais 30 dias. A informação da validade foi passada pelo secretário de Segurança e Controle Urbano, Valdeci Madganelo, durante audiência, nesta quarta-feira, 9 de agosto, na Câmara de Osasco. Ainda segundo a publicação, o prazo foi estendido porque os coletes atuais, embora tenham tido a compra registrada em um mês de agosto, foram entregues posteriormente e o prazo poderia ser contado a partir da entrega. Magdanelo não divulgou o ano da compra e nem o prazo de validade. Mas, em média, os coletes têm vida útil de 5 anos. Um pregão presencial para a compra de novos coletes foi agendada para o dia 16 de agosto.

     

    Novo Paço Municipal de Osasco

    Durante visita à Câmara  de Osasco, o prefeito Rogério Lins (PODE), afirmou que as obras do novo Paço Municipal que fica no Jardim Bonfim, devem ser retomadas ainda no mês de agosto. Lins explicou à imprensa que houveram ajustes na parte de documentos que precisavam ser feitos para evitar novos problemas judiciais. “Houve uma repactuação e inclusive validação de escrituras e tinham algumas coisas burocráticas e internas que precisavam ser ajustadas. Eu arrisco que na segunda quinzena de agosto nós retomamos a obra. Temos toda uma equipe técnica da habitação e do jurídico trabalhando nisso para deixar tudo dentro das exigências legais, para retornarmos as obras sem o risco de uma nova interpelação judicial”, disse.

    Carapicuíba aumenta abono dos servidores

    A Prefeitura de Carapicuíba ampliou para R$ 180 o abono dos funcionários. Na sessão extraordinária do dia 3/8, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei n° 2.258/2017, enviado pelo Executivo Municipal, referente ao benefício. Nesta semana, já receberam o abono atualizado todos os servidores comissionados, estatutários e celetistas do Poder Executivo, cuja remuneração não atinja a quantia máxima de R$ 3 mil. “É muito importante a valorização dos servidores. Carapicuíba é uma cidade muito carente, mas dentro das nossas condições vamos trabalhar para incentivar o funcionalismo”, afirma o prefeito Marcos Neves.

    Vale a pena lembrar que Carapicuíba tem um dos menores orçamentos por habitante do Estado de São Paulo e está pagando uma dívida de mais de R$ 180 milhões junto à Receita Federal. “Já pagamos a primeira parcela e sabemos que é um dinheiro que vai fazer muita falta. Mas estamos administrando o município com muita firmeza e seriedade para que os servidores não sejam prejudicados com erros das gestões anteriores”, declara o prefeito Marcos Neves.

     

    Botão de pânico em ônibus de Barueri

    Na sessão de terça-feira, 018/08, o vereador Neto Amorim (PV) sugeriu a instalação de um “botão do pânico” em todos os ônibus do transporte público municipal de Barueri. A sugestão, segundo o parlamentar, partiu dos próprios passageiros, como uma ferramenta para coibir assaltos, brigas e vandalismos nos coletivos. Segundo o parlamentar, apenas o motorista e o cobrador teriam acesso ao dispositivo que, quando acionado, alteraria o letreiro do ônibus para a palavra “perigo” e emitiria um aviso via satélite para a Central de Monitoramento da Guarda Civil Municipal e à Polícia Militar. No interior dos veículos, avisos seriam afixados informando aos passageiros sobre a existência do botão. “É um sistema relativamente simples que protege o cidadão que usa o transporte coletivo em nossa cidade e certamente vai ajudar na prevenção de roubos e danos ao patrimônio público, porque permite que a polícia possa realizar uma ação imediata de repressão ao crime”, justificou Neto Amorim.

     

    Agendamento online em Itapevi

    Preocupado em ajudar a evitar as filas em postos de saúde de Itapevi, o vereador Thiaguinho (PSL) solicitou que a prefeitura de Itapevi estude a implantação de um serviço de agendamento online para exames e consultas médicas. O parlamentar aponta que a medida facilitaria o trabalho dos profissionais nas unidades e também serviria para constituir um histórico dos pacientes da cidade, além da comodidade. “O agendamento online é um serviço que possibilitará a marcação de consultas médicas pela internet. Será fácil e rápido. Com o avanço da tecnologia, a sociedade começa a perceber a importância e a praticidade do agendamento de consultas pela internet”, afirmou. A proposta vem na esteira de uma característica do vereador, que tem tido uma importante atuação online. Ele, por exemplo, criou uma plataforma para que moradores entrem em contato e enviem sugestões para seu mandato.