Quarta-Feira, 13 de Dezembro -

  • Câmara barra 2ª denúncia e salva Temer mais uma vez

  • Foi quase uma reprise. Após uma sessão marcada por um problema de saúde do acusado, o esforço da oposição em obstruí-la e novas negociatas à luz do dia e em tempo real, a Câmara barrou a segunda denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot contra Michel Temer, acusado de organização criminosa e obstrução de Justiça. Temer obteve 251 votos e foi beneficiado com duas abstenções e 25 ausências. Votaram contra o peemedebista 233 deputados. Temer teve 12 votos a menos do que na primeira denúncia barrada, quando recebeu o apoio de 263 parlamentares. Assim como na votação que barrou a acusação contra o peemedebista por corrupção passiva, a soma de votos favoráveis a Temer, ausências e abstenções salvaram o acusado bem antes do fim da sessão, o que evitava a possibilidade de se formar uma maioria de 342 deputados necessária para torná-lo réu no Supremo Tribunal Federal e afastá-lo. Ele só poderá ser alvo da Justiça por essa acusação após o fim de seu mandato.

     

    Artistas protestam em Osasco

    Um grupo de artistas de Osasco realizou nesta terça-feira, 24, em frente à Câmara Municipal uma “sessão popular” em que aprovaram uma moção de repúdio aos vereadores. O documento foi elaborado em resposta à moção de repúdio aprovada pelos parlamentares contra a secretaria da Cultura pelo apoio à peça teatral “Blitz, o império que nunca dorme”, encenada no Calçadão da rua Antonio Agu no último dia 14. Para os parlamentares a peça denigre a imagem da Polícia Militar por representar os policiais vestidos de mulheres e usando vibradores no lugar de cassetetes. “Pelo bem da democracia e seus princípios, visando estabelecer um amplo processo de diálogo e compreensão mútua, vimos solicitar à Vossa Senhoria (presidente Lindoso), bem como a todos os vereadores, a realização de audiências públicas, sendo uma visando debater e esclarecer ao direitos da comunidade LGBT e outra sobre criação artística e cultural”, pediram no documento. Depois da “sessão”, os artistas tentaram entrar na Câmara para protocolar a moção, mas apenas uma comissão com quatro deles puderam entrar no setor de protocolo. Lá eles foram recebidos pelo presidente da Câmara Dr. Lindoso (PSDB) e Ribamar Silva (PRP).

     

    José Roberto Guimarães cidadão de Barueri

    O vereador Jânio Gonçalves (PMDB) entregou, na sessão de terça-feira, 24, o título de cidadão benemérito de Barueri ao técnico de vôlei José Roberto Guimarães. A honraria foi aprovada em 12 de setembro por unanimidade, em reconhecimento à vitoriosa carreira do treinador e por levar o nome de Barueri para todo o país e o mundo. O peemedebista destacou a trajetória do multicampeão homenageado e sua íntima ligação com Barueri. “José Roberto Guimarães escolheu nossa cidade para morar e construir sua família há décadas. Mesmo depois de conquistar títulos expressivos, incluindo duas medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos, topou o desafio de criar um time no município e já é um grande sucesso”, comentou Jânio. Ao receber o título de cidadão barueriense, o homenageado falou sobre a satisfação de poder representar a cidade que escolheu para viver com sua família. “Agradeço muito ao vereador Jânio por essa honraria. Era o título que me faltava. Eu esperava por ele há muitos anos!”, brincou José Roberto. “Para mim é uma grande honra representar o meu país e minha cidade. Conseguimos fazer esse projeto aqui em Barueri com as categorias de base e com o time adulto da Hinode/Barueri e representar nossa população pelo Brasil e pelo mundo, porque o mundo já reconhece o trabalho que estamos fazendo por aqui. Só tenho a agradecer a todos os vereadores por esse momento”, discursou.

     

    Esporte em Barueri

    Na sessão desta terça-feira, na Câmara de Barueri, o vereador Fabinho do Imperial (PSD) comemorou a ampliação de 15 para 17 anos do limite de idade para matrícula de jovens nos núcleos esportivos mantidos pela Prefeitura de Barueri. O parlamentar, que apresentou uma indicação em março sugerindo a mudança, acredita que a medida ajuda a tirar crianças e adolescentes das ruas e mantê-los longe das drogas e da criminalidade. “O esporte é uma ferramenta de transformação social, além de um grande aliado da saúde. Quem pratica atividade física adoece menos, e a prática esportiva ainda ajuda na formação de cidadãos melhores para a sociedade, porque transmite valores como companheirismo e ética”, avalia Fabinho do Imperial.

     

    Proibida a discussão de gênero em Barueri

    O plenário da Câmara Municipal de Barueri aprovou, na sessão de terça-feira, 24, projeto de lei de autoria do vereador Allan Miranda (PSDB) que proíbe a “realização de atividades pedagógicas que promovam, incentivem ou fomentem a ideologia de gênero” no sistema barueriense de ensino. Ao pedir o voto dos colegas para a aprovação do texto, o parlamentar exibiu um vídeo explicando o tema e de que forma ele foi inserido no Plano Nacional de Educação – e posteriormente retirado por pressão dos deputados durante a votação no Congresso Nacional,  e na Base Nacional Comum Curricular. Quando entrei com esse projeto, eu sabia que haveria uma resistência muito grande de uma minoria. São poucas pessoas, mas fazem muito barulho”, contou Allan Miranda. “Ouvi diversas opiniões contrárias que me assustaram muito, por serem a favor dessa ideologia”, disse. Segundo o vereador, o ambiente escolar não é o local adequado para discutir sobre gênero. “A escola tem que ensinar matemática, português, ciências… A educação, o gênero, a ética a moral e os bons costumes têm que vir da família. Não é possível que nossas crianças sejam vítimas dessa ideologia”, completou Allan Miranda.

     

    Combate a violência em Itapevi

    Durante a sessão desta terça-feira, 24/10, na Câmara de Itapevi, o vereador Thiaguinho (PSL) apresentou o requerimento nº 912/2017, onde requer do Executivo que seja realizada a Campanha de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes conforme a Lei. Em sua justificativa o vereador cita a relevância da ação social, que tem o objetivo de mobilizar e convocar a sociedade a ser engajada contra violação dos direitos das crianças e adolescentes. O vereador ainda relembra que no ano de 2009 houve a aprovação da Lei nº 1948 que autoriza da criação da Semana Municipal de Enfrentamento a Violência e Exposição Sexual contra Crianças e Adolescentes. Por fim, o vereador pede ao Poder Executivo que viabilize o encaminhamento da solicitação, para assim assegurar a proteção das Crianças e Adolescentes.

     

    Terreno para OAB de Carapicuíba

    Por meio da Indicação n° 228/2017, apresentada durante a sessão desta terça-feira, 24/10, da Câmara de Carapicuíba, foi solicitada a doação de um terreno, ao lado do futuro Fórum, à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo o autor do documento, o vereador Professor Ladenilson (PMB), a intenção é que se construa na área a nova Casa do Advogado. Aprovada em Plenário, a Indicação segue agora para o gabinete do prefeito Marcos Neves (PV) que deve estudar a proposta e tomar providências.