Jornal A Rua

Sexta-Feira, 17 de Agosto -

  •  

    Barueri tem o início de ano mais seguro desde 2012

    De acordo com estatísticas divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública do Governo do Estado (SSP-SP), a criminalidade em Barueri caiu 12,4% nos quatro primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado (que já havia apresentado diminuição de 25% em relação a 2016).

    A soma das principais ocorrências (homicídios dolosos, roubos, furtos e veículos subtraídos) entre janeiro e abril de 2018 é a menor quantidade registrada em um primeiro quadrimestre desde 2012. Os dados dos quatro primeiros meses também ficaram 15,8% abaixo da média histórica da cidade.

    Produtividade
    Além dos dados estatísticos que comprovam a diminuição dos crimes, a sensação de segurança na cidade também pode ser observada pela ostensividade da Guarda Civil Municipal de Barueri, órgão da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (SSMU).

    De janeiro a abril deste ano, a Guarda localizou 25 veículos frutos de roubo ou furto – muitos provenientes de cidades vizinhas e recuperados em Barueri, graças ao sistema de videomonitoramento, que conta com 375 câmeras distribuídas pela cidade. No mesmo período, 59 casos de tráfico de entorpecentes foram coibidos pela corporação municipal, que também realizou 80 detenções em flagrante.

    Para o representante comercial Abimael Cesar, que está de mudança para Barueri, a segurança foi um dos fatores decisivos na escolha do novo lar. “Hoje, na Grande São Paulo, considero Barueri a cidade mais segura. Sempre quando estamos por aqui vemos viaturas da Guarda circulando, inclusive de madrugada”, comentou.

    Esse reconhecimento é resultado de um trabalho constante realizado com a SSMU, que semanalmente, traça metas de atuação para manter baixo o índice de crimes em Barueri. “Nós temos trabalhado constantemente no controle e redução dos indicadores criminais com base em diagnósticos feitos a partir de dados de ocorrências. O objetivo é que nossas ações reflitam de forma segura à todas as famílias baruerienses”, afirmou a secretária da pasta, Regina Mesquita.