Quarta-Feira, 13 de Dezembro -

  • Após pedido de desculpa, comissão contra Pelé deve ser encerrada 

  • Deve ser encerrada, sem polêmicas, os trabalhos da Comissão Processante instaurada, na última terça-feira, 28/11, para investigar o vereador Pelé da Cândida (PSC). Ele foi acusado de ofender e ameaçar de morte a vereadora doutora Régia (PDT). O arquivamento foi pedido pelo próprio PDT, que foi autor da solicitação de abertura de investigação, após Pelé ter usado a tribuna para fazer um pedido de desculpa. O pedido foi aceito por Régia, que chegou a dizer que não fazia mais sentido uma investigação e uma possível cassação por quebra do decoro parlamentar. Durante sua fala na tribuna, Pelé admitiu que cometeu excessos. “Estava muito nervoso diante das acusações de um jornalista, e posso ter ofendido, por isso, peço desculpas”, disse ele que foi aplaudido de pé pelos demais vereadores. Régia, por sua vez, disse que aceitava o pedido de desculpas e afirmou que tudo que aconteceu serve de lição para todos os parlamentares. “Estava chateada, mas saio daqui com alma lavada. Essa Comissão não será mais necessária porque ele (Pelé) teve coragem de se retratar. Aceito sua retratação. Espero que esse plenário não volte a ser palco de violência contra as mulheres”, finalizou.

    Terreno para Portelinha em Osasco

    A Câmara Municipal de Osasco autorizou, nesta terça-feira, 28, o recebimento, por parte da prefeitura, de imóvel doado pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER). O imóvel, localizado na avenida Presidente Kennedy, conhecido como Portelinha, atualmente ocupado por sem tetos, será usado para construção de unidades habitacionais populares. A proposta foi aprovada definitivamente e segue para sanção ou veto do prefeito Rogério Lins (Pode). Com a doação, a prefeitura não precisará empenhar recursos para adquirir o imóvel. De acordo com a prefeitura, aproximadamente 50 famílias já ocupam o local. Durante as obras para construção das moradias populares, contrapartida exigida pelo DER, os moradores serão removidos e colocados no Bolsa Aluguel.

    Reforço da Segurança em Barueri

    O vereador de Barueri Chico Vilela (PTB) apresentou uma indicação na sessão de terça-feira, 28, propondo ao Poder Executivo a instalação de uma base da GCM (Guarda Civil Municipal) na Praça dos Estudantes, no Centro Comercial Barueri. De acordo com a propositura, o objetivo da medida é reforçar a segurança do local, por onde circulam diariamente centenas de estudantes da Fatec (Faculdade de Tecnologia), Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e da Etec (Escola Técnica Estadual), além da Câmara Municipal de Barueri. “Além dos estudantes, dos funcionários da Câmara e dos munícipes que passam por essa região, há ainda o movimento da feira noturna às terças-feiras (na Avenida Guilherme Perereca Guglielmo) e o Ginásio José Corrêa”, justificou Chico Vilela. “A presença da Guarda Municipal na praça certamente vai coibir a ação de criminosos e aumentar a segurança da nossa população”, completou o vereador.

    Coleta de entulho em Barueri

    Também na sessão desta terça-feira, o  plenário da Câmara Municipal de Barueri aprovou, o projeto de lei de autoria do Poder Executivo que cria o Serviço de Coleta Residencial de Entulho e Resíduos. O texto prevê o empréstimo de sacos para coletas com capacidade de até 3 metros cúbicos e a posterior retirada do material a ser descartado. De acordo com a nova norma, o serviço será regulamentado e realizado pela Secretaria de Serviços Municipais, que fará também o cadastramento dos interessados em utilizar o programa. O texto da nova lei, entretanto, ressalta que o descarte irregular de entulhos e resíduos continua constituindo infração administrativa passível de multa. Ao discutir o projeto, os vereadores elogiaram a iniciativa da Prefeitura em regulamentar o serviço de coleta, e destacaram também que a população precisa fazer a sua parte. “A gente vê muito entulho pela cidade. É uma demanda constante em nosso gabinete. E por mais que a gente consiga providenciar a retirada do material, no outro dia o local já está cheio de novo”, comentou Ornedo Neves (PSDB). “A Secretaria de Serviços Municipais tem feito a sua parte para manter Barueri limpa, mas é preciso que a população se conscientize e colabore”, disse. Ornedo ressaltou ainda a importância da aprovação do projeto de lei para ajudar no controle e restrição do descarte irregular. “Com esse texto sendo aprovado, acredito que a coleta ficará mais organizada. Ele representa um grande esforço do poder público para manter a cidade limpa”, ressaltou.

    Ecoponto em Itapevi

    Já na Câmara de Itapevi, o vereador Gordo Cardoso (PSDB) apresentou pedido de instalação de ecoponto na Vila Dr. Cardoso. O documento foi aprovado por unanimidade em Plenário. Gordo destaca que a cidade conta apenas com o ecoponto da Cohab. “Esse ecoponto foi uma conquista para Itapevi, mas agora precisamos expandi-lo, até para facilitar o acesso ao serviço e ajudar a população a descartar corretamente resíduos recicláveis”, argumentou o vereador. Ainda na sessão, o vereador conseguiu aprovar o requerimento 973, que questiona a prefeitura sobre a destinação do terreno que abrigava a o CEMEB Dr. João Pedro Cardos, na Vila Dr. Cardoso. Este pedido também foi subscrito pela vereadora Mariza (PSL).

    Educação Acessível em Itapevi

    Ainda em Itapevi, os vereadores aprovaram o requerimento que pede a inclusão de Itapevi no Programa de Desenvolvimento da Educação Especial – Promoção da Acessibilidade, gerido pelo Ministério da Educação. Proposto pelo vereador professor Rafael Alan (Pode), o requerimento questiona a prefeitura sobre a existência de estudo técnico ou interesse para inclusão da cidade no programa federal que promove a acessibilidade física na rede regular de ensino, nas cidades brasileiras. Segundo o vereador, o programa foca a acessibilidade das unidades de ensino para atender à necessidade dos alunos com algum grau de deficiência. “Antes, acreditava-se que o estudante com deficiência não tinha condições de estudar e que esta falta de condição estaria nele, quando na verdade pouco havia sido feito para eliminar as barreiras de acesso ao aprendizado dessas pessoas”. Na mesma sessão, o vereador também conseguiu aprovar os requerimentos: 969, que pede a inclusão da cidade no programa federal de salas multifuncionais; 970, programa auxilia na aquisição de transporte escolar; 971, programa de tecnologia educacional e 972, programa de livros didático.

    Congresso do PPS

    Presidente estadual do PPS, o deputado federal licenciado e secretário de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim, participou do encerramento do congresso de formação político promovido pelo Diretório Municipal de seu partido em Osasco neste último sábado (25), e destacou a liderança de Claudio Piteri na cidade. “Claudio Piteri é o grande nome da política em Osasco, pois associa juventude e experiência. Isso sem falar na importância que a família Piteri tem para Osasco”, afirmou Arnaldo Jardim momentos após entregar juntamente com o deputado estadual Davi Zaia uma homenagem da executiva estadual ao ex-prefeito Guaçu Piteri, o presidente do Diretório Municipal do PPS em Osasco. Sobre Claudio Piteri, Arnaldo Jardim elogiou o trabalho do osasquense na vice-presidência da Fundação Casa: “Somos colegas de trabalho no Governo do Estado, e sou testemunha de quanto o Claudio Piteri dignifica Osasco atuando com excelência numa área que é a que cuida da reinserção social de adolescentes em conflito com lei”. Jardim lembrou ainda o trabalho de Claudio Piteri como vereador por cinco mandatos, presidente da Câmara de Osasco e terceiro colocado na eleição para prefeito no ano passado. “É o nome inconteste de Osasco para disputar a eleição em 2018, levando essa mesma garra e decência na Assembleia Legislativa de São Paulo”, destacou. Claudio Piteri, por sua vez, retribuiu os elogios do presidente estadual do PPS destacando o que chamou de valioso serviço prestado para São Paulo. “Nós do PPS de Osasco nos alegramos por ser liderados por alguém reconhecido por sua honradez e dedicação à causa pública”, discursou.